Aquecedores a Óleo - Cuidados

Devido à forma como são construídos, e ao seu princípio de funcionamento, os aquecedores a óleo não precisam de cuidados especiais. Não consomem oxigénio, nem atingem temperaturas muito elevadas.

Os principais cuidados acabam por ser os que se devem ter com qualquer aparelho que faz uso de energia eléctrica. Devem manter-se a ficha e o cabo de ligação em bom estado. Se algum destes componentes apresentar desgaste ou deficiência visível, deve ser reparado antes de se voltar a usar o equipamento. Idealmente o aparelho deverá ter uma ficha como ligação à terra (obrigatório nalguns países) e deverá apenas ser ligado numa tomada que também possua ligação à terra. Existem no entanto, vários modelos que se apresentam com uma ligação simples. Se puder, opte por um aparelho com ligação à terra.

Deve ter atenção ao consumo eléctrico do aquecedor a óleo. É obrigatória a indicação da potência e do consumo de corrente do aparelho. Deve apenas ligá-lo numa tomada correspondente a um circuito com capacidade para fornecer a corrente necessária. Em caso de dúvida deve consultar um técnico electricista. Se usar extensões de tomadas, deve igualmente garantir que suportam a corrente necessaria.

Os aquecedores a óleo destinam-se a serem usados em espaços interiores. Não os use no exterior.

Alguns aquecedores trazem um acessório que permite pendurar roupa para a secar. Recomenda-se que não deixe as peças de roupa muito tempo junto ao aquecedor, pois existem diferentes tipos de materiais texteis, e no caso de algumas fibras sintéticas, estas podem derreter ou mesmo pegar fogo a temperaturas relativamente baixas.

Deve posicionar o aquecedor a óleo num local estável, preferencialmente afastado da parede, mas sem que hajam riscos de que alguem tropece nele, ou no cabo de alimentação. Deve sempre garantir que há boa circulação de ar em torno do aquecedor. Se o usar num quarto, por exemplo, deve ter cuidado com a roupa de cama para evitar que esta entre em contacto com o aquecedor.

[Início]